Valores a receber: agende o resgate do seu dinheiro | Rede Celcoin

Valores a receber: você já pode agendar o resgate de possível dinheiro esquecido

Os Valores a receber é o nome dado pelo Banco Central (BC) ao dinheiro esquecido pelos brasileiros em diferentes bancos. O acesso para verificação de valores a receber teve início em fevereiro, e agora terá sua continuação.

A partir de segunda-feira (07/03), os brasileiros já poderão resgatar o dinheiro pelo Sistema Valores a Receber (SVR), por meio do site oficial do Banco Central. E para aqueles que fizeram uma primeira consulta, mas esqueceram a data e horário do resgate, também poderá ser feita uma nova pesquisa.

A consulta e o resgate dependem das datas de criação das empresas ou da data de nascimento da pessoa, de acordo com o calendário abaixo:

 

Para realizar a sua consulta ou resgate, siga o passo a passo abaixo:

1- Acesse o site do Sistema de Valores a Receber;

2- Use seu login gov.br para acessar o sistema. Será necessário CPF e data de nascimento (pessoa física) ou CNPJ e data de criação (empresa).

3- Consulte o valor e solicite a transferência.

 

Na primeira fase do Valores a receber, serão liberados cerca de R$4 bilhões para 28 milhões de pessoas físicas e empresas (pessoas jurídicas). Já na segunda fase, que terá início no dia 2 de maio, os contribuintes da primeira fase também poderão realizar nova consulta e verificar se têm valores a receber.

Para esse primeiro momento, os valores a receber são relacionados a:

  1. Contas-correntes ou poupança encerradas com saldo disponível; 
  2. Tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o BC; 
  3. Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito; 
  4. Recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

 

Já na segunda fase, os valores a receber terão mais possibilidades de pesquisa e estão relacionados aos seguintes pontos:

  1. Tarifas cobradas indevidamente, não previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC; 
  2. Parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, não previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC; 
  3. Contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas com saldo disponível; 
  4. Contas de registro mantidas por sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários e por sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários para registro de operações de clientes encerradas com saldo disponível; 
  5. Entidades em liquidação extrajudicial; 
  6. Fundo Garantidor de Crédito; 
  7. Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito.

 

As devoluções serão realizadas preferencialmente via Pix e os valores serão transferidos em até 12 dias úteis. 

Vale lembrar que apenas depois que o usuário acessar o sistema e somente no caso de solicitação do resgate sem indicação de uma chave Pix, a instituição financeira escolhida entrará em contato para realizar a transferência. Porém, mesmo nesse caso, a instituição não pode pedir os dados pessoais e senha do contribuinte.

Para saber mais sobre o Valores a receber, clique aqui. Fique por dentro de nossas publicações e, se quiser saber mais sobre nossas soluções, acesse nosso site: www.redecelcoin.com.br.

Veja também

Passagem sem data marcada: oportunidade para destacar seu negócio

Saque Extraordinário e Saque-Aniversário: entenda a diferença

Seja um Agente de Viagens com a Rede Celcoin

Como ganhar dinheiro com recarga de celular