7 hábitos financeiros para começar agora e ter resultados já em 2023

Você está satisfeito com os seus hábitos financeiros? Muitas das vezes, nós não administramos da melhor maneira o nosso dinheiro e isso faz falta no final do mês. Mudar essas atitudes é fundamental para a gestão das nossas finanças e, consequentemente, para a nossa qualidade de vida. 

Confira a seguir sete dicas para transformar a sua realidade financeira e alcançar o sucesso:

1) Tenha objetivos para as suas finanças

Construa um planejamento financeiro e pense nas suas metas para o ano de 2023. Tem algo que você queira comprar a longo prazo? Você deseja fazer uma viagem? A partir desse conhecimento, será possível cuidar melhor do seu dinheiro e pensar o que realmente vale a pena consumir. 

Isso pode ser registrado em um caderno, em programas de computador ou em um quadro que esteja sempre à sua frente. Visualizar esses planos e metas diariamente vai ajudar você a se manter entusiasmado e pensar duas vezes antes de realizar qualquer gasto. 

Uma outra dica é compartilhar essas dicas com a sua família e amigos. Isso também contribui para maior motivação, comprometimento e engajamento com esses objetivos, podendo aumentar em até um terço as chances de sucesso!

2) Anote os seus gastos

Um dos hábitos mais importantes da gestão financeira é registrar todos os seus gastos e despesas em um caderno ou planilha. Assim, é possível saber para onde vai o seu dinheiro e avaliar melhor o que pode ser economizado nos meses seguintes.

Dessa forma, é interessante dividir as suas despesas em fixas (como aluguel, condomínio, água, luz e cartão de crédito) e variáveis (por exemplo, alimentação, lazer e compras no shopping) e, a partir disso, também analisar o que pode ser reduzido. 

Em resumo, é significativo conferir o seu extrato bancário periodicamente, conferindo os seus saldos, gastos, últimas transações e progressos relacionados aos seus objetivos financeiros

3) Pense bem antes de gastar

Muitas vezes gastamos com coisas que não são necessárias e desperdiçamos as nossas economias. Esses pequenos gastos também fazem a diferença no final do mês. Por isso, antes de comprar qualquer coisa, pare, pense e analise se isso realmente será útil e valerá a pena, e se o preço é compatível com o seu bolso.  

Uma das principais dicas é regularizar o uso do cartão de crédito. Ele deve servir apenas para compras planejadas e pontuais, não um substituto do dinheiro no dia a dia. O mesmo vale para compras parceladas. Isso facilita o controle dos seus gastos durante o ano. 

4) Economize parte da sua renda

Separe um valor da sua receita para guardar ou investir, comprometendo-se como se fosse uma despesa fixa. A longo prazo, esse valor pode fazer a diferença nas suas finanças. 

Isso pode ser feito a partir de pequenas ações, como levar marmitas para o trabalho ao invés de almoçar fora, ou fazer suas refeições em casa ao invés de pedir delivery. Comparar preços na hora de adquirir produtos e serviços também contribui para esse controle.

Além disso, essa economia é importante até mesmo para criar uma reserva de emergência. Esse valor pode ser utilizado para gastos que não estavam previstos anteriormente, como uma doença na família ou um problema no carro. 

5) Invista em você

Também é importante separar um valor da sua renda para investir em si mesmo. Isso não inclui necessariamente bens duráveis como uma casa ou um carro, mas aquisições que vão permitir o seu crescimento pessoal e profissional. 

Alguns desses exemplos são a previdência privada e até mesmo um curso. A previdência privada possibilita a construção de uma renda extra para o futuro, principalmente pensando na aposentadoria. Já os estudos permitem maior desenvolvimento para realizar os seus trabalhos, resultando em aumento dos seus ganhos a longo prazo. 

6) Pague suas contas em dia

Pagar as suas contas em dia é um dos hábitos mais saudáveis que você pode adotar para as suas finanças. Além de evitar multas e outras consequências desnecessárias, você ainda constrói uma boa reputação no mercado, facilitando o seu acesso ao crédito.

Existem bancos de dados que reconhecem bons pagadores e simplificam a obtenção de crédito no mercado, além da aprovação de contratos e financiamentos. Isso é feito a partir de uma nota de crédito (os chamados scores) e, quanto mais contas forem pagas no prazo correto, mais pontos você ganha!

Ao contrário dos cadastros negativos do Serasa, SPC e Boa Vista, esse cadastro acumula pontos positivos. Logo, isso também serve de motivação para não perder nenhum dos prazos de vencimento. 

7) Mude sua relação com o dinheiro

Depois de todas as dicas anteriores, a mais importante: mudar a sua relação com o dinheiro. Realizar essas pequenas ações, de forma gradativa e todos os dias, vão criar hábitos e, assim, você não vai cometer os mesmos erros de antes. 

Para o psicólogo financeiro Dr. Brad Klontz, “saúde financeira significa ter uma relação consciente e positiva com o dinheiro, que traga satisfação em vez de estresse”. Dessa forma, ter a consciência dos seus gastos e como eles podem ser reduzidos é fundamental para o seu planejamento e sucesso financeiro.

A Rede Celcoin pode te ajudar!

Centenas de empreendedores utilizam a Rede Celcoin para revender produtos e serviços aos seus clientes, recebendo bonificações por cada venda. Se você ainda não é um Agente Rede Celcoin, baixe logo o app e aproveite todas as vantagens, sem custos e com muita praticidade! Clique aqui para saber mais.

Foto de Towfiqu barbhuiya na Unsplash

Veja também

soluções financeiras digitais no seu estabelecimento

Como se destacar no mercado oferecendo soluções financeiras digitais no seu estabelecimento

Automação de Contas a Pagar – Conheça a Pagô!

Pix e ITP: tudo o que você precisa saber para transações seguras e eficientes

O que fazer quando você quer empreender, mas não sabe por onde começar