Conta PJ: o que é e quais são as vantagens?

Se você empreende, com certeza sabe que administrar bem as finanças é um dos elementos mais importantes para o sucesso nos negócios. Por isso, é importante estar por dentro de todos os recursos capazes de facilitar essa tarefa, como é o caso da famosa conta PJ.

Embora as contas PJ já existam há algum tempo, elas continuam a causar dúvidas entre os empreendedores. Afinal, é vantajoso ter uma conta dessas? Será que é algo obrigatório para microempresas? Para te ajudar a entender melhor essas e outras questões ligadas ao assunto, criamos um conteúdo especialmente voltado para explicar tudo que você precisa saber sobre conta PJ.

O que é conta PJ?

Uma conta PJ é, basicamente, uma conta bancária que tem como titular uma empresa ou instituição (isto é, uma Pessoa Jurídica). Então, ela serve para receber e movimentar os recursos financeiros de um estabelecimento e registrar tudo que entra e sai do caixa. Em outras palavras, pense na conta PJ como um espaço feito para facilitar a administração do dinheiro da sua empresa.

Por terem um propósito específico, essas contas oferecem uma série de recursos úteis para facilitar o dia a dia das empresas. Para ter acesso a isso, o cadastro precisa ser feito com um CNPJ, diferente das contas pessoais, que são abertas usando o CPF.

Vantagens desse tipo de conta

Afinal, quais são os benefícios de ter uma conta só para a sua empresa?

Bem, em primeiro lugar, a conta PJ pode te ajudar a seguir uma das dicas de administração mais importantes: separar as finanças pessoais das finanças da empresa. Para evitar confusões, o ideal é que as movimentações financeiras do seu negócio estejam sempre separadas daquelas que você realiza na sua vida privada. 

A conta PJ é bastante útil na hora de fazer essa separação, pois permite que você visualize as quantias destinadas exclusivamente aos negócios. Além disso, ela permite que você acesse funcionalidades bem práticas, como a possibilidade de emitir facilmente boletos de cobrança

Uma conta empresarial também pode te dar acesso mais rápido a produtos de crédito voltados para empresas, como alguns empréstimos e antecipação de recebíveis. Em resumo, é uma ferramenta que pode te ajudar a administrar a parte financeira da empresa de forma mais assertiva e otimizada.

O que precisa para abrir uma conta PJ?

Se engana quem pensa que só as grandes empresas podem ter contas PJ!

Na verdade, para usar esse recurso, você só precisa de um CNPJ ativo e regular. Portanto, quem é MEI (Microempreendedor Individual) pode abrir conta PJ sem grandes complicações. Para solicitar o serviço, você também terá que apresentar seus dados pessoais, uma comprovação de endereço da sua empresa e um comprovante de receita/faturamento. 

Hoje em dia, muitos bancos oferecem abertura de conta PJ sem solicitar tantos dados. Como isso pode variar, o ideal é que você confira os requisitos da sua instituição financeira de preferência. Geralmente, dá para abrir a conta sem sair de casa, por meio do aplicativo ou site do banco.

Conta PJ é obrigatória para MEI? E para microempresa?

Embora a conta PJ seja um recurso útil, ela não é obrigatória!

Manter contas específicas para os negócios é necessário para viabilizar a administração de muitas empresas, mas isso não é uma condição para que elas existam. Portanto, não existe nenhuma lei que faça da conta PJ uma obrigatoriedade.

Inclusive, muitos consideram que se tornar MEI é o caminho mais prático para quem deseja abrir uma conta PJ.

Além disso, regularizando seu negócio (como MEI, microempresa, pequena empresa ou qualquer outra categoria de empreendimento), você ganha mais uma vantagem! Com um CNPJ, você pode virar Agente Credenciado da Rede Celcoin e ganhar bônus extras em cada pagamento de boletos!

E aí, que tal continuar aprendendo a profissionalizar cada vez mais a atuação da sua empresa e aumentar seus lucros? Para ficar sempre por dentro das tendências e ter acesso aos melhores conteúdos sobre empreendedorismo, acompanhe a gente aqui no Blog da Rede Celcoin!

Veja também

recarga de celular no meu estabelecimento

Os benefícios de vender recarga de celular em seu estabelecimento

Automação de Contas a Pagar – Conheça a Pagô!

Pix e ITP: tudo o que você precisa saber para transações seguras e eficientes

Os 10 erros mais comuns na hora de montar o próprio negócio. Como evitar?